LaKademy 2019

Em novembro passado, colaboradores latinoamericanos do KDE desembarcaram em Salvador/Brasil para participarem de mais uma edição do LaKademy – o Latin American Akademy. Aquela foi a sétima edição do evento (ou oitava, se você contar o Akademy-BR como o primeiro LaKademy) e a segunda com Salvador como a cidade que hospedou o evento. Sem problemas para mim: na verdade, adoraria me mudar e viver ao menos alguns anos em Salvador, cidade que gosto baste. 🙂

Foto em grupo do LaKademy 2019

Minhas principais tarefas durante o evento foram em 2 projetos: Cantor e Sprat, um “editor de rascunhos de artigos acadêmicos”. Além deles, ajudei também com tarefas de promoção como o site do LaKademy.

Nos trabalhos sobre o Cantor me foquei naqueles relacionados com organização. Por exemplo, pedi aos sysadmins que migrassem o repositório para o Gitlab do KDE e crei um site específico para o Cantor em cantor.kde.org usando o novo template em Jekyll para projetos do KDE.

O novo site é uma boa adição ao Cantor porque nós queremos comunicar melhor e mais diretamente com nossa comunidade de usuários. O site tem um blog próprio e uma seção de changelog para tornar mais fácil à comunidde seguir as notícias e principais mudanças no software.

A migração para o Gitlab nos permite utilizar o Gitlab CI como uma alternativa para integração contínua no Cantor. Eu orientei o trabalho do Rafael Gomes (que ainda não teve merge) para termos isso disponível pro projeto.

Além dos trabalhos no Cantor, desenvolvi algumas atividades relacionadas ao Sprat, um editor de rascunhos de artigos científicos em inglês. Este softwar usa katepart para implementar e metodologia de escrita de artigos científicos em inglês conhecida como PROMETHEUS, conforme descrita neste livro, como uma tentativa de auxiliar estudantes e pesquisadores em geral na tarefa de escrever artigos científicos. Durante o LaKademy finalizei o port para Qt5 e, tomara, espero lançar o projeto este ano.

Nas atividades mais sociais, participei da famosíssima reunião de promo, que discute as ações futuras do KDE para a América Latina. Nossa principal decisão foi organizar e participar mais de  eventos pequenos e distribuídos em várias cidades, marcando a presença do KDE em eventos consolidados como o FLISoL e o Software Freedom Day, e mais – mas agora, em tempos de COVID-19, isso não é mais viável. Outra decisão foi mover a organização do KDE Brasil do Phabricator para o Gitlab.

Contribuidores do KDE trabalhando pesado

Para além da parte técnica, este LaKademy foi uma oportunidade para encontrar velhos e novos amigos, beber algumas cervejas, saborear a maravilhosa cozinha bahiana, e se divertir entre um commit e outro. 🙂

Gostaria de agradecer ao KDE e.V. por apoiar o LaKademy, e Caio e Icaro por terem organizado essa edição do evento. Não vejo a hora de participar do próximo LaKademy e que isso seja o mais rápido possível! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *