Filipe Saraiva's blog

Tecnologia, sociedade e política.

if (LaKademy 2016) goto Rio de Janeiro

without comments

Rio de Janeiro, a “Cidade Maravilhosa”, terra do Verão eterno. Os raios de sol aqui são sempre claros e quentes, o mar é refrescante, a areia é confortável. As pessoas são alegres, o Rio de Janeiro tem boa música, comida, as festas mais loucas do mundo, e belos corpos se divertindo com jogos de praia.

Mas enquanto o Rio de Janeiro ferve, alguns contribuidores do KDE que vivem na América Latina estarão trabalhando juntos em uma sala fria e escura da cidade, participando do nosso sprint “multi-área” chamado Latin America Akademy – LaKademy 2016.

Nos meus planos pretendo fazer um monte de trabalho relacionado com o Cantor, incluindo uma pesada triagem de bugs e diversos testes com algumas tecnologias IPC. Eu gostaria de selecionar alguma delas para ser a tecnologia “oficial” de implementação de backends no Cantor. O programa precisa de uma tecnologia IPC com bom suporte multiplataforma para os principais sistemas operacionais desktop disponíveis. Estou pensando no DBus… mas você teria alguma sugestão ou dica para me dar?

Outros contribuidores também querem trabalhar no Cantor. Wagner quer compilar e testar a aplicação no Windows, além de iniciar a implementação de um backend para uma nova linguagem. Fernando, que foi meu aluno no SoK 2015, quer corrigir o backend para R. Estou muito feliz em ver estes desenvolvedores querendo sujar suas mãos no código-fonte do Cantor, portanto ajudarei-os em suas tarefas.

Durante o LaKademy também pretendo apresentar para os participantes algumas ideias e protótipos sobre 2 novos softwares que estou trabalhando. Espero pegar alguns feedbacks e em seguida pensar sobre os próximos passos para estas aplicações. Quem sabe eu possa submetê-las como novos projetos do KDE? Bem, veremos. 🙂

Espere por mais notícias de nossa fria e escura sala onde realizaremos o LaKademy no Rio de Janeiro. 🙂

Leave a Reply