Filipe Saraiva's blog

Tecnologia, sociedade e política.

Complementação de código no editor de scripts do Cantor

without comments

Alguns meses atrás escrevi sobre as novas funcionalidades disponíveis no Cantor a partir do lançamento do KDE 4.13. Entretanto, eu acabei não escrevendo sobre uma nova e bastante útil funcionalidade também disponível naquele lançamento – a nova complementação de código disponível no editor de scripts do Cantor.

Eu havia desenvolvido o destaque de sintaxe padrão para cada backend que suporta o editor de scripts. Esse editor é baseado em KatePart/KTextEditor, uma impressionante biblioteca da KDE libs utilizada em vários softwares do KDE, como o KWrite, Kate, Kile, KDevelop, e mais.

Os desenvolvedores do Kate lançaram uma nova funcionalidade no KDE 4.13, uma versão melhorada da complementação de código para todas as linguagens suportadas pelo KTextEditor. Essa funcionalidade utiliza os mesmos arquivos XML usados no destaque de sintaxe de cada linguagem para disponibilizar a nova complementação de código.

Como eu desenvolvi o destaque de sintaxe padrão para o editor de scripts, essa nova complementação de código foi habilitada por padrão também. Fantástico!

Então, vamos ver algumas imagens dessa nova funcionalidade em ação:

code-completion-scilab-cantor

Complementação de código para Scilab

Na figura acima a complementação de código foi utilizada para escrever um comando plot no editor de scripts para a interface com o Scilab.

code-completion-maxima-cantor

Complementação de código para Maxima

No backend do Maxima backend podemos ver a complementação de código funcionando não apenas com os comandos que iniciam com o fragmento de texto digitado: por exemplo, contour_plot apareceu na lista de sugestões.

Esta nova complementação de código está disponível para todos os backends que implementam o suporte ao editor de scripts. Para utilizá-la basta digitar Ctrl+Espaço no editor.

Existem algumas melhorias para esta funcionalidade a serem implementadas no futuro. Por exemplo, seria interessante carregar funções dos módulos/pacotes importados no editor – em Python, eu poderia executar um import numpy e as funções do numpy poderiam estar disponíveis na complementação de código também. E seria bom se as variáveis na área de trabalho do Cantor estivessem disponíveis no editor de scripts.

Mas isto é um trabalho para o futuro. Por agora, você pode se divertir com essa nova complementação de código. E obrigado a todos os  desenvolvedores do Kate por esta funcionalidade!

Written by Filipe Saraiva

June 1st, 2014 at 8:33 pm

Leave a Reply